Categorias: Saúde Mental

A importância da palavra

A palavra tem uma enorme importância no funcionamento de nossa mente. Pense nas suas próprias experiências – o que é mais difícil: sentir uma angústia que não se sabe o nome, nem da onde veio e nem para onde vai, ou poder saber a história e os porquês dos nossos sentimentos? Quando podemos contar uma história sobre nossa própria vida, por mais dura, difícil e dolorida que essa história possa ser, já estamos encontrando uma forma melhor de lidar com nossos problemas. Tudo aquilo que sentimos, quando é traduzido em palavras, se torna símbolo, e quando é símbolo, pode ser registrado em nossa mente de uma maneira mais saudável e menos angustiante.
A terapia te ajuda a fazer exatamente esse trabalho!
O processo de transformar nossas experiências em símbolos mentais é chamado na teoria psicanalítica de representação. Tem esse nome, pois fazemos o trabalho de representar aquilo que vivenciamos dentro de nossa mente, conferindo um espaço para algo em nosso mundo psíquico.  Em uma das obras de Freud, intitulada “Sobre a concepção das afasias” (1891), o pai da psicanálise fez a sua primeira elaboração sobre uma teoria da representação . Nesse texto, ele afirma que representações têm como conteúdo de base as experiências do sujeito, que se traduzem em traços de memória. Esses traços de memória (chamados por Freud de traços mnêmicos) são o resultado de uma organização particular que cada pessoa faz dos estímulos que recebe do mundo externo.
Por esse motivo, as representações são uma construção complexa e própria daquele indivíduo, e não simplesmente uma cópia da realidade. Portanto, uma representação é sempre uma visão subjetiva de algo que não está  mais presente. Quando traduzimos essa representação em palavras e podemos comunicá-la para uma outra pessoa, compartilhamos com ela a nossa visão, o nosso modo particular e próprio de encarar o mundo.  Por isso, poder registrar em palavras o que acontece conosco não só nos permite poder pensar sobre nossas experiências, já que agora elas possuem um lugar em nossa mente, como também poder dividi-las com um outro alguém que pode nos ajudar a dar novos sentidos para aquela representação, e é claro, com a ajuda de novas palavras.

Deixe seu comentário