Categorias: De Psi para Psi, Teoria Psicanalítica

Mecanismo de defesa: DESLOCAMENTO

O deslocamento é o mecanismo de defesa descrito por Freud como sendo próprio das neuroses obsessivas. Basicamente, o deslocamento indica uma troca de uma ideia por outra. Porém, o afeto intenso permanece o mesmo – apenas altera-se a ideia atrelada a ele. Mas por que fazemos isso? 

Porque pode ser muito menos custoso para o aparelho psíquico depositar esse afeto em outro objeto – como toda a defesa, existe uma função. Mesmo assim, o afeto não pode ser eliminado, continua presente, e se liga a uma ideia substituta, que guarda uma relação com a ideia original. 

Vou dar alguns exemplos. Alguém tem muito medo de trovões, o que pode ser um deslocamento do sentimento de medo que tinha pelo seu pai na infância. Outro alguém pode sentir muita angústia se não organizar milimetricamente os livros em uma estante, o que talvez diga de uma angústia em relação a sua própria morte. 

O fato é que existem simbolismos nesses deslocamentos: o elemento importante perde valor afetivo, e algo banal ganha status de extrema importância. 

Deixe seu comentário