Categorias: De Psi para Psi, Teoria Psicanalítica

Mecanismo de defesa: RACIONALIZAÇÃO

O termo racionalização foi criado por Ernest Jones em 1908, e depois incorporado pelo meio psicanalítico como um importante mecanismo de defesa. 

Basicamente, a racionalização (ou intelectualização) consiste em um processo mental em que o sujeito busca transformar uma experiência vivida em algo que pode ser logicamente explicado. A ideia é tornar uma determinada ação, pensamento ou sentimento em algo que possa ser aceitável, entendível de uma maneira racionalizada, evitando angústias relacionadas a um desconhecido ilógico. 

Atualmente, percebe-se que a racionalização é um mecanismo bastante utilizado por muitas pessoas em diferentes contextos, e corre o risco de passar despercebido em uma análise como um insight ou uma compreensão verdadeira. A diferença é que a racionalização nos afasta de um contato emocional com a questão: ela é apenas uma explicação que encontramos de forma distanciada, que só serve para aliviar a angústia e não permite o pensar. 

Quando realmente podemos nos afetar emocionalmente, algo muitas vezes indizível em palavras, é que estamos nos entregando ao processo analítico.

Deixe seu comentário